Aqui são três BFF que amam a moda, as loucuras e o glitter, juramos solenemente ser fiéis ao bom gosto.

Pages

sábado, 4 de janeiro de 2014


Buenos Aires- Argentina

Hello girls, quero compartilhar uma viajem que a G.C e eu(G.U) fizemos.. no dia 29/11 fomos para Buenos Aires com um grupo de amigos do nosso curso de espanhol e foi maravilhoso, lá é tão lindo que não da vontade de vir embora.
Vou postar algumas fotos que tiramos la, olhem só:)
Casa Rosada


Rua da Mafalda - onde encontramos vários personagens dos quadrinhos em tamanho real*--*

Cemitério da Recoleta-Parece meio mórbido tirar fotos de cemitério mas foi interessante pois lá é incrível, vocês tem que conhecer a arquitetura e as estátuas de pedra e mármore em tamanho real em alguns túmulos representando a pessoa falecida. Parece real. Essa foto é de uma garota que morreu jovem-Um dos túmulos mais pungentes da Recoleta – relativamente novo, de 1970 – alberga os restos de Liliana
  Crociatti, uma jovem que morreu em sua lua de mel no meio de uma avalanche. Seus pais erigiram-lhe uma estátua que a representa, ao lado do cachorro que amava, Sabu. A placa, em bronze, registra a imensa tristeza dos pais, que ali perguntam, em italiano, “perché, perché…? (porquê, porquê?).
A estética e a ostentação são duas marcas do cemitério da Recoleta, localizada ao lado do centro portenho. A grosso modo, poderia ser definido como o “Père Lachaise portenho”, já que ali, tal como no cemitério parisiense, estão enterradas as principais figuras da História do país, entre heróis da independência, presidentes, intelectuais e cientistas. Seria o equivalente a um cemitério que no Brasil reunisse no mesmo lugar figuras como Dom Pedro I (que está enterrado em São Paulo), Dom Pedro II (em Petrópolis), Machado de Assis (que está no Rio), ou o marechal Castelo Branco (em Fortaleza) e Juscelino Kubistcheck (em Brasília).
Este lugar de repouso eterno da elite argentina foi criado em 1822. Paradoxalmente, seu criador, o presidente Bernardino Rivadavia, que morreu no exílio na Espanha, está em um mausoléu construído na Praça Miserere, no bairro de Balvanera (uma área popularmente conhecida como “Once”).
No século XIX e início do século XX, as famílias da aristocracia exibiam sua riqueza nos túmulos. Nos fins de semana, faziam piqueniques ali, para ficar perto de seus antepassados.
Nos visitamos também o túmulo de uma mulher importante na história da Argentina: Eva Perón, a segunda mulher de Juan Domingo Perón(Presidente da República)
Evita mobilizou as massas populares para seu marido, que governou o país entre 1946 e 1955. Em 1952 morreu de câncer. Perón ordenou seu embalsamamento e expôs o corpo da sede da maior central sindical. Mas, em 1955 o viúvo foi derrubado por um golpe e partiu em exílio.
Os militares sequestraram o corpo de Evita e levado para a Itália, onde foi enterrada com nome falso.Perón, que estava a ponto de voltar depois de 18 anos de exílio, fez um acordo com os militares, que lhe devolveram o corpo. No ano seguinte, foi a vez do viúvo morrer.
Durante dois anos os corpos repousaram na residência oficial de Olivos. Nesse intervalo, o país foi governado pela terceira esposa de Perón, María Estela Martínez de Perón, mais conhecida como “Isabelita”.
Isabelita morria de inveja do carisma de sua antecessora. Por esse motivo, seu braço direito, o ministro José López Rega, um astrólogo conhecido como “El Brujo” (O Bruxo), fazia que Isabelita deitasse em cima do caixão de Evita para obter desta os “fluidos energéticos”. O golpe militar de 1976 interrompeu estas tentativas esotéricas.
-----------------------------------------

Outra foto de lá é do também Presidente Manuel Quintana

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Zoo Lujan- Vale a pena visitar esses filhotes são lindos pena que os grandes vivem "dormindo" :/
Fora isso foi perfeito!!!



Panorâmica da Casa Rosada- reparem que a noite existem várias luzes nesses pontos históricos como a do lado que a luz é azul.


Bom é isso espero que tenham gostado porque nós amamos e continuem ligados no nosso Blog *--* kisses


0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

sábado, 4 de janeiro de 2014

Buenos Aires- Argentina


Hello girls, quero compartilhar uma viajem que a G.C e eu(G.U) fizemos.. no dia 29/11 fomos para Buenos Aires com um grupo de amigos do nosso curso de espanhol e foi maravilhoso, lá é tão lindo que não da vontade de vir embora.
Vou postar algumas fotos que tiramos la, olhem só:)
Casa Rosada


Rua da Mafalda - onde encontramos vários personagens dos quadrinhos em tamanho real*--*

Cemitério da Recoleta-Parece meio mórbido tirar fotos de cemitério mas foi interessante pois lá é incrível, vocês tem que conhecer a arquitetura e as estátuas de pedra e mármore em tamanho real em alguns túmulos representando a pessoa falecida. Parece real. Essa foto é de uma garota que morreu jovem-Um dos túmulos mais pungentes da Recoleta – relativamente novo, de 1970 – alberga os restos de Liliana
  Crociatti, uma jovem que morreu em sua lua de mel no meio de uma avalanche. Seus pais erigiram-lhe uma estátua que a representa, ao lado do cachorro que amava, Sabu. A placa, em bronze, registra a imensa tristeza dos pais, que ali perguntam, em italiano, “perché, perché…? (porquê, porquê?).
A estética e a ostentação são duas marcas do cemitério da Recoleta, localizada ao lado do centro portenho. A grosso modo, poderia ser definido como o “Père Lachaise portenho”, já que ali, tal como no cemitério parisiense, estão enterradas as principais figuras da História do país, entre heróis da independência, presidentes, intelectuais e cientistas. Seria o equivalente a um cemitério que no Brasil reunisse no mesmo lugar figuras como Dom Pedro I (que está enterrado em São Paulo), Dom Pedro II (em Petrópolis), Machado de Assis (que está no Rio), ou o marechal Castelo Branco (em Fortaleza) e Juscelino Kubistcheck (em Brasília).
Este lugar de repouso eterno da elite argentina foi criado em 1822. Paradoxalmente, seu criador, o presidente Bernardino Rivadavia, que morreu no exílio na Espanha, está em um mausoléu construído na Praça Miserere, no bairro de Balvanera (uma área popularmente conhecida como “Once”).
No século XIX e início do século XX, as famílias da aristocracia exibiam sua riqueza nos túmulos. Nos fins de semana, faziam piqueniques ali, para ficar perto de seus antepassados.
Nos visitamos também o túmulo de uma mulher importante na história da Argentina: Eva Perón, a segunda mulher de Juan Domingo Perón(Presidente da República)
Evita mobilizou as massas populares para seu marido, que governou o país entre 1946 e 1955. Em 1952 morreu de câncer. Perón ordenou seu embalsamamento e expôs o corpo da sede da maior central sindical. Mas, em 1955 o viúvo foi derrubado por um golpe e partiu em exílio.
Os militares sequestraram o corpo de Evita e levado para a Itália, onde foi enterrada com nome falso.Perón, que estava a ponto de voltar depois de 18 anos de exílio, fez um acordo com os militares, que lhe devolveram o corpo. No ano seguinte, foi a vez do viúvo morrer.
Durante dois anos os corpos repousaram na residência oficial de Olivos. Nesse intervalo, o país foi governado pela terceira esposa de Perón, María Estela Martínez de Perón, mais conhecida como “Isabelita”.
Isabelita morria de inveja do carisma de sua antecessora. Por esse motivo, seu braço direito, o ministro José López Rega, um astrólogo conhecido como “El Brujo” (O Bruxo), fazia que Isabelita deitasse em cima do caixão de Evita para obter desta os “fluidos energéticos”. O golpe militar de 1976 interrompeu estas tentativas esotéricas.
-----------------------------------------

Outra foto de lá é do também Presidente Manuel Quintana

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Zoo Lujan- Vale a pena visitar esses filhotes são lindos pena que os grandes vivem "dormindo" :/
Fora isso foi perfeito!!!



Panorâmica da Casa Rosada- reparem que a noite existem várias luzes nesses pontos históricos como a do lado que a luz é azul.


Bom é isso espero que tenham gostado porque nós amamos e continuem ligados no nosso Blog *--* kisses


0 comentários on "Buenos Aires- Argentina"

Postar um comentário